Câmara Técnica repudia atentado

12/04/2016

repudio moçãoA Câmara Técnica de Agroecologia e Comunidades Tradicionais é órgão integrante do Conselho Consultivo do Parque Estadual da Pedra Branca. Estando seus integrantes reunidos no dia 11 de abril de 2016, receberam a denúncia de uma bomba caseira detonada na porta da residência de uma liderança importante das organizações populares que compõe o ConPEPB e a resistência da comunidade tradicional. A bomba era composta de taxas e pregos. Apenas por acaso não feriu ninguém.

Já se procedeu a uma ocorrência policial. Diante desta prática nefasta que tem como uma das intenções coibir a atuação comunitária na luta por direitos, a Câmara Técnica deliberou por unanimidade emitir a seguinte nota de repúdio:

“A Câmara Técnica Agroecologia e Comunidades Tradicionais repudia o atentado ocorrido na Estrada do Camorim no dia 8 de abril de 2016. Conclama os órgãos competentes a  agilizar as investigações sobre o ocorrido dando total transparência  aos fatos. A Comunidade Tradicional do Maciço da Pedra Branca entende que o atentado a um deles é um atentado a todos. Não  se  calarão!”

Compartilhe

Comentários